Mastalgia: 70% das mulheres no mundo sentem dor nas mamas.

A dor mamária ou mastalgia afeta mulheres de todas as idades em qualquer momento da vida, mas nem sempre está relacionada a alguma doença. Estima-se que entre 60 e 85% dos casos a dor mamária não tem gravidade.


O maior receio das mulheres é que a mastalgia esteja diretamente relacionada com o câncer de mama. Embora a maioria dos casos de mastalgia não possua características de malignidade, as pacientes com desconfortos severos e recorrentes devem ter o acompanhamento médico regular.

A mastalgia é classificada em três tipos: cíclica leve, cíclica moderada e severa, acíclica e não-mamária.

A cíclica leve é uma dor ou desconforto que aparece nos três primeiros dias antes do período menstrual. A Cíclica moderada e severa caracteriza-se por dor mamária com duração superior a uma semana. Sua intensidade é importante a ponto de interferir nas atividades da paciente, justificando o uso de medicação adequada. A Acíclica promove uma dor mamária que não está relacionada ao ciclo menstrual. Pode ser contínua ou ocasional.

Existem ainda as dores não-mamária, dor torácica referida sobre as mamas. Geralmente, é dor musculoesquelética da parede costal, do dorso ou dos membros superiores e que se irradia para a mama.

Em 85% dos casos de dor nas mamas, o esclarecimento do médico é suficiente para o alívio dos sintomas, enquanto 15% pode ter necessidade de uso de medicação para o alívio da dor.

Fonte: Associação de Obstetrícia e Ginecologia do Estado de São Paulo. Mastalgia: 70% das mulheres no mundo sentem dor nas mamas. Disponível em: <https://www.sogesp.com.br/canal-saude-mulher/blog-da-mulher/mastalgia-70-das-mulheres-no-mundo-sentem-dor-nas-mamas/> Acesso em 05/5/2021



#mastalgia

15 visualizações